Gambiólogos 2.0, OI Futuro, projeto da Vazio S/A

P_E_849-009-E copy

Gambiólogos 2.0 é uma exposição no Centro Cultural Oi Futuro que tem sua proposta curatorial articulada em três temas sobre a “Gambiologia”: a improvisação na arte eletrônica, a ideia de colecionismo por meio da acumulação, e a aceitação (ou não) da influência da cultura popular e do artesanato no meio das artes plásticas. Com curadoria e concepção de Fred Paulino, a exposição inclui obras de Arthur Bispo do Rosário, Marepe, Cao Guimarães, Chelpa Ferro, Farnese de Andrade, O Grivo, Guto Lacaz e Fred Paulino, além de outros participantes do Brasil e do Japão, EUA, Inglaterra e França.

O projeto da expografia, do Vazio S/A, busca não compartimentar as salas da exposição. Evitando a ideia de separar as obras em ambientes estanques – solução comum em exposições de muitas obras e pouco espaço –, toda a mostra tem seus objetos justapostos num espaço contínuo. As telas metálicas que servem de suporte para as obras não as separam por salas, assim criando uma sobreposição visual de telas e obras que confirma o conceito de acumulação e colagem da mostra. (Fonte: Vazio S/A)

P_E_849-026-E copy

P_E_849-043-E copy

P_E_849-092-E copy

P_E_849-132-E copy

P_E_849-138-E copy

P_E_849-166-E copy

Expografia: Vazio S/A (Carlos M Teixeira)

Curadoria: Fred Paulino

ARTISTAS: Alexandre Almeida (PE), Anthony Goh e Neil Mendoza (Reino Unido), Artur Bispo do Rosário (RJ)*, Aruan Mattos e Flávia Regaldo (MG), Cao Guimarães (MG), Chelpa Ferro (RJ), Dirceu Maués (DF), Farnese de Andrade (MG / RJ), *Fernando Rabelo (MG / BA), Gambiologia – Fred Paulino, Ganso e Lucas Mafra (MG), Giselle Beiguelman (SP), Guto Lacaz (SP), Joseph Morris (EUA), Leandro Aragão (MG), Lucas Bambozzi (SP), Lúcio Bittencourt (SP), Marepe (BA), Mariana Manhães (RJ), Mark Porter (EUA), Mauro Alvim (MG), O Grivo (MG), Paulo Nenflidio (RJ), Paulo Waisberg (MG), Sara Ramo (MG / Espanha), Ujino (Japão), Zaven Paré (RJ / França).

Localização / Location: Oi Futuro, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil
Ano / Year: 2014

All rights reserved. © Gustavo Xavier
Direitos autorais reservados. © Gustavo Xavier

Casa em Nova Lima, Minas Gerais, projeto de Paulo Trajano

P_E_790-415-E copy

Fotografar projetos relativamente grandes e de alta complexidade formal sempre será um desafio para o fotógrafo. É o caso desta casa localizada em um condomínio em Nova Lima, Minas Gerais, projeto do arquiteto mineiro Paulo Trajano. Eu poderia ter ficado durante dias fotografando este projeto. Com sua estrutura bem definida e aparente, completamente vazada por grandes vãos com fechamento em vidro, a cada momento me deparei com uma luz diferente.

Segundo o arquiteto, “O projeto se baseia no generoso diálogo entre a topografia acidentada e a geometria irregular dos limites do terreno. Isso propiciou uma arquitetura bastante movimentada através do uso da estrutura em aço.”

P_E_790-420-E copy

P_E_790-348-E copy

P_E_790-355-E copy

P_E_790-366-E copy

P_E_790-374-E copy

P_E_790-383-E copy

P_E_790-144-E copy

P_E_790-448-E copy

Projeto: Paulo Trajano

Localização / Location: Nova Lima, Minas Gerais, Brazil

Ano / Year: 2013

All rights reserved. © Gustavo Xavier
Direitos autorais reservados. © Gustavo Xavier

Sie sind immer willkommen, Deutsche Freunde!

foto 1 copy

Com um roteiro mais do que completo pelo Brasil, o grupo de estudantes e professores alemães do curso de arquitetura da Bochum University of Applied Sciences veio ver de perto, no final de outubro passado, o que anda acontecendo pelo Brasil.

No roteiro que incluiu Belo Horizonte, Ouro Preto, Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Petrópolis eles vieram visitar edifícios e importantes escritórios de arquitetura. Na passagem por Belo Horizonte, me pediram para conhecer mais de perto um pouco do meu trabalho ao longo destes mais de 10 anos anos de carreira. Acabamos em uma conversa bastante produtiva em torno de técnica, de arquitetura e de arte. O mais impressionante é como eles, apesar da distância e da dificuldade linguística, conhecem profundamente a arquitetura e arte brasileira.

Sie sind immer willkommen, Deutsche Freunde!