Casa em Nova Lima, Minas Gerais, projeto de Paulo Trajano

P_E_790-415-E copy

Fotografar projetos relativamente grandes e de alta complexidade formal sempre será um desafio para o fotógrafo. É o caso desta casa localizada em um condomínio em Nova Lima, Minas Gerais, projeto do arquiteto mineiro Paulo Trajano. Eu poderia ter ficado durante dias fotografando este projeto. Com sua estrutura bem definida e aparente, completamente vazada por grandes vãos com fechamento em vidro, a cada momento me deparei com uma luz diferente.

Segundo o arquiteto, “O projeto se baseia no generoso diálogo entre a topografia acidentada e a geometria irregular dos limites do terreno. Isso propiciou uma arquitetura bastante movimentada através do uso da estrutura em aço.”

P_E_790-420-E copy

P_E_790-348-E copy

P_E_790-355-E copy

P_E_790-366-E copy

P_E_790-374-E copy

P_E_790-383-E copy

P_E_790-144-E copy

P_E_790-448-E copy

Projeto: Paulo Trajano

Localização / Location: Nova Lima, Minas Gerais, Brazil

Ano / Year: 2013

All rights reserved. © Gustavo Xavier
Direitos autorais reservados. © Gustavo Xavier

Sie sind immer willkommen, Deutsche Freunde!

foto 1 copy

Com um roteiro mais do que completo pelo Brasil, o grupo de estudantes e professores alemães do curso de arquitetura da Bochum University of Applied Sciences veio ver de perto, no final de outubro passado, o que anda acontecendo pelo Brasil.

No roteiro que incluiu Belo Horizonte, Ouro Preto, Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Petrópolis eles vieram visitar edifícios e importantes escritórios de arquitetura. Na passagem por Belo Horizonte, me pediram para conhecer mais de perto um pouco do meu trabalho ao longo destes mais de 10 anos anos de carreira. Acabamos em uma conversa bastante produtiva em torno de técnica, de arquitetura e de arte. O mais impressionante é como eles, apesar da distância e da dificuldade linguística, conhecem profundamente a arquitetura e arte brasileira.

Sie sind immer willkommen, Deutsche Freunde!

Estúdio Nolii, projeto corporativo em Belo Horizonte, Minas Gerais

Projeto: Estúdio Nolii, Eduardo Altino e Andrea Macruz, colaborador SUBdV

Principais Fornecedores: Rafaela Romitelli (iluminação), Multicon Engenharia (execução)

Localização / Location: Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil

Ano / Year: 2013

All rights reserved. © Gustavo Xavier
Direitos autorais reservados. © Gustavo Xavier

Retrospectiva Morar Mais BH – 2007 a 2012

Chegamos, então, a mais um ano do Morar Mais por Menos.

Mas, antes da inauguração da mostra, no dia 14 de Agosto de 2013, tentei selecionar os melhores ambientes que fotografei para a mostra desde a sua primeira edição em 2007. Ano a ano, tenho o prazer de trabalhar com os profissionais que se entregam na elaboração de ambientes criativos, por vezes conceituais e que, acima de tudo, cabem no bolso do consumidor. A mostra também funciona como um verdadeiro laboratório de idéias que são aproveitadas na elaboração de novos produtos.

Então, aqui estão eles:

P_E_106-0327-E copy

2007 – Marcos Nobre e Melinna da Matta

P_E_106-0440-E copy

2007 – Sérgio Viana

P_R_217-1054-E copy

2008 – Willemberg Lobato e Luciana Garcia

P_R_217-1130-E-2 copy

2008 – FUMEC

P_L_353-0375-E copy

2009 – Carla Fontoura e Jacqueline Melo

P_L_353-1109-E copy

2009 – Sílvio Todeschi, Flávio Agostini, Frederico Bernis e Ricardo Guimarães

P_L_473-0294-E copy

2010 – Simples Arquitetura: Natália Botelho e Paola Corteletti

P_L_473-0336-E-2 copy

2010 – Carla Fontoura e Jacqueline Melo

P_L_580-0189-E copy

2011 – Maristela Broilo

P_L_580-0354-E copy

2011 – Paola Camargo

P_E_672-0883-E copy

2012 – Fernanda Oselieri Gama, Cássia Nery, Letícia Terence Prates, Maria Thereza Terence

P_E_672-1236-E copy

2012 – Camila Ferreira, Fernanda Curi e Fernando Sá Motta

Entrevista para o ArchDaily / Interview for ArchDaily

Figurar entre grandes Fotógrafos de Arquitetura com atuação internacional em um dos sites mais respeitados e visitados no mundo, é motivo de muita satisfação. Há poucas dias tive a felicidade de ser incluído na lista dos fotógrafos de arquitetura selecionados pelo ArchDaily (ArchDaily BrasilArchDaily Mexico e o Plataforma Arquitectura). Além disso, os sites de arquitetura mais visitados do mundo publicaram uma pequena entrevista que concedi à eles. Confira aqui a entrevista ao ArchDaily Mexico.

Be part of a list of internacional great Architectural Photographers in the most respected and visited sites in the world, is the source of great satisfaction. A few days ago, I has been included on the list of selected architectural photographers by ArchDaily (ArchDaily Brasil, ArchDaily Mexico and Plataforma Arquitectura). They also published an interview I gave to them. Check the interview for ArchDaily Mexico.

Abaixo, a entrevista em português e em inglês:
Below, the same interview in portuguese and english:

 

ArchDaily:
Quando e como começou a fotografar arquitetura?
When and how did you start photographing architecture?

Quando eu tinha  apenas 14 anos, durante uma viagem com minha família ao interior do meu país, estava tentando fotografar a fachada de uma grandiosa igreja barroca construída no século 18. Depois de algum tempo tentando achar a melhor posição, e, com um equipamento completamente rudimentar e inapropriado, ouvi do meu irmão mais velho: “Você nunca vai conseguir fazer isso.” Aquela frase realmente me tocou e, de certa forma, mudou a minha vida. De repente, eu já estava comprando livros de arquitetura somente para analisar qual seria a melhor maneira de se fotografar arquitetura. E não parei mais.

When I was only 14, during a trip with my family to a small historic town in my country, I was trying to photograph the facade of a magnificent baroque church built in the 18th century. After some time trying to find the best position using a completely crude and inappropriate equipament, I heard my elderly brother say: “You’ll never be able to do that. Forget it.” Those sentences really touched me, and somehow changed my life. Suddenly, I was already buying architecture books only to analyze what would be the best way to represent architecture. And I haven’t stopped since then.

 

ArchDaily:
Você é arquiteto?
Are you an architect?

Me graduei em Arquitetura e Urbanismo em 1998 na PUC Minas, Belo Horizonte/MG, Brasil, quando já estava fotografando para grandes empresas do setor de mineração. Não sei se aprendi a fotografar arquitetura durante o meu curso. Talvez a facilidade que tinha em avaliar formas e proporções tenha surgido bem antes. Mas, talvez, se não tivesse tido formação em Arquitetura e Urbanismo, não teria me tornado fotógrafo de arquitetura.

I graduated in Architecture and Urban Planning in 1998 at PUC Minas, Brazil. By that time, I was already shooting for large companies in the mining sector. I don’t know exactly if I learned to shoot architecture during my course. Perhaps I had already been developing the ability to analyse shapes and proportions before my graduation. But maybe if I had not been in Architecture and Urbanism University, would not have become am architectural photographer.

 

ArchDaily:
Por que você gosta de fotografar arquitetura?
Why do you like to photograph architecture?

Gosto de ver as pessoas utilizando a arquitetura. Gosto de observar as pessoas modificando o seu espaço. E gosto de registrar isso. O mais interessante é que os edifícios tem vida, como pessoas. Cada edifício tem uma determinada vocação, um jeito de ser. Há pouco tempo atrás fotografei duas casas que se situam em terrenos vizinhos, igualmente iluminados, igualmente orientados, com a mesma bela vista para um vale. As duas casas tem uma maneira completamente diferente de ser apesar de estarem situadas praticamente no mesmo lugar. E isso proporciona, também, diferentes sensações. Gosto de registrar estas sensações.

I like to see people using the architecture. I like to watch people modifying their space. And I like to shoot that. The most interesting is that the buildings have a life of their own, as people. Each building has a specific vocation, a way of being. A little while ago I photographed two houses which are situated in neighboring lands, equaly lightnetd and with the same orientation, having the same beautiful view of a valley. Each of the houses have a completely different way of being despite they are sitatuated practically on the same place. And it also provided different sensations. I like to record these sensations.

 

ArchDaily:
Algum arquiteto favorito?
Favorite architect?

Frank Lloyd Wright, Mies van der Rohe, Zaha Hadid e o arquiteto brasileiro Marcio Kogan.

 Frank Lloyd Wright, Mies van der Rohe, Zaha Hadid and the brazilian architect Marcio Kogan.

 

ArchDaily:
Algum edifício favorito?
Favorite building?

Acho que é impossível citar apenas um edifício favorito. Acho que o edifício preferido é aquele que apresenta boa arquitetura, apresenta respeito ao usuário, e que está sendo fotografado no momento.

It’s impossible to name one favorite building. I think the favorite building is the one that has good architecture, shows respect to the user, and is being photographed at the moment.

 

ArchDaily:
Como você trabalha?
How do you work?

Eu gosto muito de trabalhar sozinho, durante à sessão fotográfica até o tratamento de imagens. Gosto de tirar as minhas próprias conclusões em relação ao projeto durante a sessão fotográfica. Mas, sendo o arquiteto o meu cliente, gosto de conversar com ele sobre o projeto. Ouvir sobre a sua intenção e os seus desafios.

I love working alone during the photo shooting until image processing. I like to draw my own conclusions about the project during the shooting. But, having an architect as my client, I like to talk to him about the project and hear about its intention and its challenges.

 

ArchDaily:
Que tipo de equipamento e software você usa?
What kind of equipment and software do you use?

Hoje o mundo pede muita velocidade. Tenho que fotografar o projeto enquanto há inúmeras publicações aguardando estas fotografias. Assim, utilizo principalmente câmeras digitais de diversas marcas e vários softwares para tratamento de imagem. Seria ótimo utilizar câmeras 4×5 com um belo filme, mas isso se tornou inviável.

The world today calls for a lot of speed. While I am shooting a project, there are numerous publications awaiting for these photos. So, I use mainly digital cameras of different brands and various softwares for image processing. It would be great to use 4×5 cameras with a film inside, but it has became impossible.

Yukio Futagawa, mestre da fotografia de arquitetura, morre aos 80 anos

Um dos maiores expoentes da fotografia de arquitetura internacional, o japonês Yukio Futagawa, infelizmente falaceu na última segunda-feira, dia 11 de março de 2013, aos 80 anos em Tóquio.

Futagawa, que sempre recusou ser chamado de fotógrafo sugerindo que seu trabalho fosse exibido em museus e galerias, começou a fotografar ainda estudante. Ficou mundialmente reconhecido após fotografar as obras do arquiteto americano Frank Lloyd Wright (1867-1959) e de outros tantos importantes nomes da arquitetura mundial. Através da sua mais famosa publicação, a GA (Global Architecture), Futagawa contribuiu para a arquitetura mundial apresentando de forma singular os grandes arquitetos e edifícios ao redor do mundo.

Obrigado, Futagawa!

ga-futagawa

One of the greatest internacional exponents of  Architectural Photography, the japanese Yukio Futagawa unfortunately passed away last monday (March 11, 2013) at age 80 in Tokyo.

Futagawa, who always refused to be called a photographer suggesting that his work had to be exhibited in museums and galleries, began photographing when he was a student. He was recognized worldwide after photographing the work of american architect Frank Lloyd Wright (1867-1959) and many other important names in architecture world. Through his most famous publication, GA (Global Architecture), Futagawa contributed to world architecture uniquely presenting the great architects and buildings around the world.

Thank you, Futagawa!

Casa em Nova Lima/MG, projeto de arquitetura Denise Macedo

P_E_702-608-E-copy

Situada próxima a Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil, esta linda casa, projeto da arquiteta Denise Macedo em parceria com Júnior Piacesi, se posiciona de modo a oferecer vista de praticamente 270 graus ao seu redor. Segundo Denise, “O conceito deste projeto partiu da percepção da enorme vocação para espaço de contemplação. Deveria abrigar e expor um considerável acervo de arte contemporânea e, ao mesmo tempo, trazer para o seu interior a paisagem espetacular de vales e montanhas de Minas Gerais.”

Located near Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil, this beautiful house, project by architect Denise Macedo in partnership with Junior Piacesi, is positioned to offer view from almost 270 degrees around it. According to Denise, “The concept of this project started from the perception of its vocation for a space for contemplation. It should store and expose a considerable collection of contemporary art and at the same time bring to your interior the typical spectacular landscape of Minas Gerais State.”

P_E_702-611-E-copy

P_E_702-590-E-copy

P_E_702-563-E-copy

P_E_702-754-E-copy

P_E_702-761-E-copy

P_E_702-789-E-copy

P_E_702-633-E-copy

P_E_702-522-E-copy

P_E_702-469-E-copy

P_E_702-699-E-copy

P_E_702-183-E-copy

P_E_702-249-E-copy

P_E_702-201-E-copy

P_E_702-001-E-copy

P_E_702-071-E-copy

P_E_702-723-E-copy

P_E_702-412-E-copy

P_E_702-781-E-copy

P_E_702-339-E-copy

Arquitetura / Architecture: Denise Macedo (parceria com Júnior Piacesi)
Localização / Location: Nova Lima, Minas Gerais, Brazil
Ano / Year: 2011

All rights reserved. © Gustavo Xavier
Direitos autorais reservados. © Gustavo Xavier